(41) 3244-6844 | FALE CONOSCO

Notícias

Do dia

Motoristas treinados contribuem para segurança urbana e nas estradas

22.07.2019

 

Os motoristas profissionais são um dos principais agentes responsáveis por melhorar a mobilidade nas cidades e nas estradas. São eles que transportam milhares de brasileiros em suas jornadas de trabalho e também têm sob sua responsabilidade vidas humanas que escolhem o transporte rodoviário para se deslocar entre as cidades.


A categoria é formada por cerca de 12 milhões de profissionais, de acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Eles enfrentam diversos desafios no exercício da profissão, em especial enfrentar horas no trânsito das grandes cidades, com congestionamentos, acidentes, condições desfavoráveis nas estradas, entre outros.


Treinamento, reciclagem e valorização da categoria  


É por isso que, no Dia do Motorista, comemorado no dia 25 de julho, a FEPASC valoriza estes profissionais, ressaltando a necessidade de que as empresas associadas continuem realizando seus treinamentos, para aumentar ainda mais a produtividade e a qualidade do trabalho executado pelos motoristas.


Enquanto as empresas já possuem sistemas que oferecem dados relevantes para a segurança dos motoristas e passageiros, como o acompanhamento sobre o veículo, velocidade e localização, para o bem-estar dos motoristas é preciso investir constantemente em formação e conscientização.


Os programas de reciclagem, por exemplo, ocupam esse importante papel de rever conceitos e adotar posturas preventivas ao volante. Isso porque a FEPASC entende que a atividade de dirigir não é apenas um ato mecânico, mas envolve uma série de requisitos, tais como percepção de profundidade, orientação espacial, rapidez de reflexos, senso de responsabilidade, atenção, discriminarem ruídos, além de demandar um bom estado de saúde e equilíbrio emocional.


Retorno financeiro e de produtividade


Logo, valorizar o profissional é colocar acima de tudo o ser humano que está nas cidades e estradas, e também propiciar um maior retorno financeiro e aumento na produtividade. Entre as empresas que integram a FEPASC, o investimento em reciclagem, na medicina do sono e nos treinamentos voltados à qualidade de vida é fundamental.


Ao implantar os programas, as empresas do setor conseguem reduzir o número de reclamação dos passageiros e percebem uma condução mais adequada, melhorando a percepção do mercado e dos colaboradores sobre a empresa. As empresas que adotam estas medidas, além das exigências legais, humanizando as relações trabalhistas, até hoje só ganharam em ampliar os programas de qualidade de vida.