(41) 3244-6844 | FALE CONOSCO

Notícias

Do dia

Conheça as viagens mais longas entre cidades paranaenses

25.10.2019

 

Segundo o IBGE, o Paraná é o 15º estado com maior extensão territorial do país. São 199.305,236 km². Dar conta de cobrir todos os 399 municípios paranaenses, por terra, é uma tarefa complicada, mas que tem sido cumprida desde o século passado pelas empresas de transporte estaduais.

Mais do que levar passageiros de um ponto a outro, a missão é de oferecer regularidade de horários, segurança e conforto. De leste a oeste, de norte a sul, o Paraná tem muitas opções que cobrem toda a sua extensão. Um exemplo disso é a linha Jacarezinho-Foz do Iguaçu, que percorre 663km de estrada em quase 12 horas de viagem.

Partindo dessa curiosidade, falemos um pouco mais sobre essa e outras duas linhas que cruzam o Paraná diariamente, às vezes fazendo conexões em outras cidades durante o percurso. Você sabe quais são algumas das viagens mais longas em tempo e distância nas rodovias paranaenses? Então confira a seguir:

Jacarezinho - Foz do Iguaçu
Garcia, 11h25 de viagem, saídas diárias às 20h (663km)
R$200,53

A Garcia oferece a linha Jacarezinho-Foz do Iguaçu, uma rota de 663km que dura, aproximadamente, 11h25 de viagem. Este trajeto atravessa o Paraná, de leste a oeste, durante a noite, pela BR 369. Até chegar ao seu destino, o ônibus passa por cidades como Londrina, Arapongas, Maringá e Cascavel.

Foz do Iguaçu é o principal destino para turistas no sul do país. Famosa pelas Cataratas do Iguaçu e fazendo fronteira com Paraguai e Argentina, a cidade costuma ser uma parada ideal para quem faz compras em Ciudad del Este ao longo de todo o ano.

Jacarezinho, por sua vez, é referência por conta do Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR) e pela Universidade Estadual do Norte Pioneiro, a UENP, atraindo estudantes de todo o estado e cidades adjacentes em território paulista. Por estar muito perto de São Paulo, Jacarezinho se transformou em um polo estudantil nas últimas décadas. Em questão de turismo, o município se notabiliza pela Rota do Rosário, que é um passeio por sete das principais igrejas e santuários locais.

Curitiba - Marechal Cândido Rondon
Princesa dos Campos, 14h25 de viagem, saídas diárias a partir das 21h20 (579km)
*Conexão em Toledo
R$181,99

Por ser a capital do estado, Curitiba tem uma enorme variedade de destinos para diversos cantos do Paraná. Um deles, no extremo-oeste, é Marechal Cândido Rondon. A distância estimada é de 579km, pelas BR-277 e 373). O serviço é oferecido pela Princesa dos Campos.

No caminho, é possível passar por perto das cidades de Irati, Guarapuava, Cascavel e Toledo, que é a conexão prevista para a viagem, que dura aproximadamente 14h25, contando com uma parada de 4h em Toledo, antes de seguir para o segundo e último trecho.

Marechal Cândido Rondon é conhecida pela forte presença da comunidade alemã, que realiza anualmente a Oktoberfest, durante o mês de outubro, celebrando as raízes germânicas e o amor pelas iguarias da Alemanha, como a bebida e a gastronomia.

Curitiba, por todas as suas atrações como o Jardim Botânico, o Parque Tanguá, a Ópera de Arame e os estádios de futebol, é um dos principais destinos urbanos do país. Isso, claro, sem falar na vida noturna e no roteiro de shows que a cidade recebe. As principais universidades do estado estão em Curitiba, outro motivo que caracteriza a capital como grande metrópole.

Londrina - Pato Branco
Expresso Maringá - Lopesul, 18h de viagem, saídas diárias a partir das 20h30 (503km)
*Conexão em Campo Mourão (5h)
R$161

Por fim, falamos do trecho entre Londrina e Pato Branco, que percorre o Paraná do norte ao sul. A viagem, que percorre 503km, dura aproximadamente 18h, por conta de uma conexão em Campo Mourão durante a madrugada. O trajeto é pelas BR-445, 272 e 466, cruzando cidades como Tamarana, Faxinal e Jardim Alegre, chegando ao destino, que é quase na fronteira com Santa Catarina.

Londrina é uma cidade de enorme importância industrial, logística e econômica no Paraná por conta de seu histórico como produtora de café e pelo fato de ter um aeroporto para voos domésticos. São muitas áreas verdes espalhadas por parques e praças da cidade. O Lago Igapó, o Estádio do Café (casa do Londrina Esporte Clube) e a Área de Lazer Luigi Borghesi são boas atividades para quem gosta de se exercitar ou praticar esportes. Londrina também conta com a Universidade Estadual de Londrina, a UEL, referência em educação do país.

O município de Pato Branco tem se notabilizado recentemente por ser um dos lugares com melhor qualidade de vida no Paraná. Apelidada de “Capital do Sudoeste”, cresceu bastante nos últimos vinte anos, por conta do alto investimento no setor de tecnologia, o que impulsionou a indústria local. A cidade se destaca no esporte com a equipe do Pato Futsal, mas também tem uma equipe de campo, o Pato Branco Esporte Clube. A Universidade Tecnológica Federal do Paraná, a UTFPR (antigo CEFET) tem um câmpus em Pato Branco, bem como a Universidade Aberta do Brasil, a UAB, que é mantida pela Prefeitura.

Sobre gratuidades
Antes de embarcar ou planejar a sua próxima viagem, lembre-se de que o transporte rodoviário do Paraná oferece gratuidade a jovens de baixa renda e idosos com mais de 60 anos. Confira como utilizar esse benefício nos links a seguir. E boa viagem!

Idosos:

Segundo o IBGE, o Paraná é o 15º estado com maior extensão territorial do país. São 199.305,236 km². Dar conta de cobrir todos os 399 municípios paranaenses, por terra, é uma tarefa complicada, mas que tem sido cumprida desde o século passado pelas empresas de transporte estaduais.

Mais do que levar passageiros de um ponto a outro, a missão é de oferecer regularidade de horários, segurança e conforto. De leste a oeste, de norte a sul, o Paraná tem muitas opções que cobrem toda a sua extensão. Um exemplo disso é a linha Jacarezinho-Foz do Iguaçu, que percorre 663km de estrada em quase 12 horas de viagem.

Partindo dessa curiosidade, falemos um pouco mais sobre essa e outras duas linhas que cruzam o Paraná diariamente, às vezes fazendo conexões em outras cidades durante o percurso. Você sabe quais são algumas das viagens mais longas em tempo e distância nas rodovias paranaenses? Então confira a seguir:

Jacarezinho - Foz do Iguaçu
Garcia, 11h25 de viagem, saídas diárias às 20h (663km)
R$200,53

A Garcia oferece a linha Jacarezinho-Foz do Iguaçu, uma rota de 663km que dura, aproximadamente, 11h25 de viagem. Este trajeto atravessa o Paraná, de leste a oeste, durante a noite, pela BR 369. Até chegar ao seu destino, o ônibus passa por cidades como Londrina, Arapongas, Maringá e Cascavel.

Foz do Iguaçu é o principal destino para turistas no sul do país. Famosa pelas Cataratas do Iguaçu e fazendo fronteira com Paraguai e Argentina, a cidade costuma ser uma parada ideal para quem faz compras em Ciudad del Este ao longo de todo o ano.

Jacarezinho, por sua vez, é referência por conta do Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR) e pela Universidade Estadual do Norte Pioneiro, a UENP, atraindo estudantes de todo o estado e cidades adjacentes em território paulista. Por estar muito perto de São Paulo, Jacarezinho se transformou em um polo estudantil nas últimas décadas. Em questão de turismo, o município se notabiliza pela Rota do Rosário, que é um passeio por sete das principais igrejas e santuários locais.

Curitiba - Marechal Cândido Rondon
Princesa dos Campos, 14h25 de viagem, saídas diárias a partir das 21h20 (579km)
*Conexão em Toledo
R$181,99

Por ser a capital do estado, Curitiba tem uma enorme variedade de destinos para diversos cantos do Paraná. Um deles, no extremo-oeste, é Marechal Cândido Rondon. A distância estimada é de 579km, pelas BR-277 e 373). O serviço é oferecido pela Princesa dos Campos.

No caminho, é possível passar por perto das cidades de Irati, Guarapuava, Cascavel e Toledo, que é a conexão prevista para a viagem, que dura aproximadamente 14h25, contando com uma parada de 4h em Toledo, antes de seguir para o segundo e último trecho.

Marechal Cândido Rondon é conhecida pela forte presença da comunidade alemã, que realiza anualmente a Oktoberfest, durante o mês de outubro, celebrando as raízes germânicas e o amor pelas iguarias da Alemanha, como a bebida e a gastronomia.

Curitiba, por todas as suas atrações como o Jardim Botânico, o Parque Tanguá, a Ópera de Arame e os estádios de futebol, é um dos principais destinos urbanos do país. Isso, claro, sem falar na vida noturna e no roteiro de shows que a cidade recebe. As principais universidades do estado estão em Curitiba, outro motivo que caracteriza a capital como grande metrópole.

Londrina - Pato Branco
Expresso Maringá - Lopesul, 18h de viagem, saídas diárias a partir das 20h30 (503km)
*Conexão em Campo Mourão (5h)
R$161

Por fim, falamos do trecho entre Londrina e Pato Branco, que percorre o Paraná do norte ao sul. A viagem, que percorre 503km, dura aproximadamente 18h, por conta de uma conexão em Campo Mourão durante a madrugada. O trajeto é pelas BR-445, 272 e 466, cruzando cidades como Tamarana, Faxinal e Jardim Alegre, chegando ao destino, que é quase na fronteira com Santa Catarina.

Londrina é uma cidade de enorme importância industrial, logística e econômica no Paraná por conta de seu histórico como produtora de café e pelo fato de ter um aeroporto para voos domésticos. São muitas áreas verdes espalhadas por parques e praças da cidade. O Lago Igapó, o Estádio do Café (casa do Londrina Esporte Clube) e a Área de Lazer Luigi Borghesi são boas atividades para quem gosta de se exercitar ou praticar esportes. Londrina também conta com a Universidade Estadual de Londrina, a UEL, referência em educação do país.

O município de Pato Branco tem se notabilizado recentemente por ser um dos lugares com melhor qualidade de vida no Paraná. Apelidada de “Capital do Sudoeste”, cresceu bastante nos últimos vinte anos, por conta do alto investimento no setor de tecnologia, o que impulsionou a indústria local. A cidade se destaca no esporte com a equipe do Pato Futsal, mas também tem uma equipe de campo, o Pato Branco Esporte Clube. A Universidade Tecnológica Federal do Paraná, a UTFPR (antigo CEFET) tem um câmpus em Pato Branco, bem como a Universidade Aberta do Brasil, a UAB, que é mantida pela Prefeitura.

Sobre gratuidades
Antes de embarcar ou planejar a sua próxima viagem, lembre-se de que o transporte rodoviário do Paraná oferece gratuidade a jovens de baixa renda e idosos com mais de 60 anos. Confira como utilizar esse benefício nos links a seguir. E boa viagem!

• Idosos: clique aqui
• Jovens de baixa renda: clique aqui